quarta-feira, 5 de setembro de 2012

SINTA-SE ABENÇOADO POR MIM...


Sinta-se abençoado por mim,
Que te lavo os pés e os seco em linho,
Que te preparo o pouso do espírito
Com todo o carinho.
Minha emoção transborda
Nesta taça rubra de cor;
Esta emoção me inunda,
Como se não coubesse em mim
Nem houvesse aonde a por...

Sinta-se abençoado por mim,
Irmão de todas as eras,
Caminhantes unidos,  somos,
Em vidas paralelas.
Teu andar seguro me guia;
Tuas pegadas a frente marcadas
Me dão o norte, me dão meu eixo.
E sinto, buscando tuas mãos
Envolvendo as minhas,
A alma em alegria.

Sinta-se abençoado por mim,
Senhor das terras morenas,
Fruto de mil raças e amores,
Entre servos e senhores.
Recolherei teu cansado corpo
E o banharei com mil aromas
Deslizando teu cansaço
Pro calor de meu regaço.

Sinta-se abençoado por mim,
Que sendo tudo
Frente a ti, me desfaço
Em sorrisos, em graça,
Em perdido mormaço.
Pois que a bem-aventurança
Do querer só me é dada
Quando acordo para meus sonhos,
E não quando morro acordada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai uma maçã aí?

E nós, as Evas do mundo, como seríamos definidas se a primeira Eva não tivesse oferecido a maçã para Adão? Me recordo também que existem ...