terça-feira, 8 de maio de 2012

HÁ BRAÇOS





Cabe no abraço a saudade,

Cabe também a amizade;

Cabe o conforto na dor,

Cabe o momento do amor.

Abraço não é de ouro,

Nem de linho,

Não é de seda ou tafetá.

Abraço é o algodão purinho,

Que serve sem se mostrar.

Há braços que se envolvem,

Há braços que carregam,

Há braços que afagam,

Há braços que se entregam.

O abraço não quebra,

Também não sei que amasse,

O mundo seria da paz

Se todo mundo abraçasse.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

RESENHA SOBRE MEU LIVRO NO BLOG PROSA ENCANTADA

Confiram que resenha linda da minha amiga e escritora Ana Lucia Santana sobre meu livro, em seu blog  http://prosaencantada.blogspot.com.br...